Em um mundo onde viagens e destinos exóticos parecem cada vez mais distantes, ainda é possível sonhar acordado com a nossa próxima viagem. Assim, o TWA Hotel é uma das opções para colocar na lista para quando os tempos estiverem menos turbulentos.

David Mitchell
David Mitchell

Atualmente, “único” tem sido um termo usado de maneira exagerada, mas não há outra maneira de descrever o TWA. O local com certificação LEED foi inaugurado em maio de 2019 no antigo terminal da Trans World Airlines, um centro comercial totalmente funcional nascido nos anos 1960 que ficou abandonado por quase duas décadas, exceto quando foi placo de uma das cenas mais icônicas do filme Prenda-me se for Capaz. Com seu design e comodidades de primeira classe, é uma visão moderna de hospitalidade e que preserva orgulhosamente sua história.

David Mitchell
David Mitchell

O melhor é reservar uma noite (chocantemente acessível) antes de um voo matutino. Chegando de carro ou helicóptero Blade (disponível diretamente de Manhattan), você ficará imediatamente impressionado com a arquitetura do local, que lembra uma catedral. Projetado pelo finlandês Eero Saarinen, toques sutis de design nórdico são acomodados com concreto grandioso, semelhante às visões futuristas das obras de Niemeyer. Independentemente do seu destino, é extremamente incrível.

David Mitchell
David Mitchell

Depois de fazer o check-in no balcão, você passará pelo Sunken Lounge – não há um aeroporto mais relaxante no mundo inteiro. As escadas próximas levam ao maior ginásio de hotéis do mundo (com mil metros quadrados), que por si só vale a pena uma visita em uma escala prolongada no aeroporto. Outro conjunto de escadas leva para fora, para um jato convertido em bar.

David Mitchell
David Mitchell

Ao redor do salão, funcionam várias lojas de marcas parceiras, combinando o antigo – relógios italianos Solari vintage – e o novo – relógios personalizados Shinola e uma cafeteria Intelligentsia. Com vista para tudo isso, está o Paris Café e o Lisbon Lounge, locais de bom gosto atualizados do terminal original, com janelas panorâmicas. Uma dica para viajantes: reserve um quarto Historic TWA View na ala Hughes para dar aos hóspedes da sala de jantar uma vista completa do local.

David Mitchell
David Mitchell

Um elevador conecta os 512 quartos, todos com decoração com influência do meio do século, à piscina e ao bar no terraço, com vista para as pistas de pouso. O som, porém, não atrapalha os hóspedes, com um segundo vidro mais espesso do mundo que é padrão em todos os quartos. Isso é crucial se você optar por uma sala com vista para a pista, onde poderá contemplar em silêncio as chegadas e partidas a várias centenas de metros de distância.

David Mitchell
David Mitchell

Para completar a sua experiência no TWA Hotel, o acesso ao seu voo também é facilitado. Use o AirTrain (grátis entre os terminais) para chegar ao seu portão de embarque. Nunca voar foi tão sofisticado e prazeroso.

0 Comentários

Cancel