O LIVRO DEFINITIVO PARA FÃS DE RELÓGIOS DE MERGULHO E IATISMO

Nós acabamos de receber uma cópia do melhor livro de relógios do ano, que vai ficar perfeito na sua prateleira. Estamos falando de Sea Time: Watches Inspired by Sailing, Yachting and Diving, de Aaron Sigmond e Mark Bernardo, publicado pela Rizzoli no final do mês e agora disponível para pré-venda na Amazon.

Você talvez se lembre de Sigmond como o autor de Drive Time enquanto Bernardo é o editor sênior da revista WatchTime. A Rizzoli está chamado Sea Time de “o primeiro guia de conhecedores de relógio a explorar um século de cronômetros de alta performance e estilos para aventuras acima e abaixo das águas” e que se torna um feito ainda mais impressionante no formato XG para mesas de centro.

Rizzoli
Rizzoli

O volume abrangente e lindamente formatado começa com a história dos relógios à prova d’água antes de apresentar os relógios de mergulho mais icônicos da História: o Rolex Oyster, as primeiras peças militares da Panerai feitas para os comandos submarinos de elite, o incrível Fifty Fathoms da Blancpain, o Omega Seamaster (agora usado por 007) e ídolos cult da Doxa, marca que nunca esteve na moda apesar de ser amada por mergulhadores e colecionadores de relógios.

Rizzoli
Rizzoli

Na sequência, ele mostra outros importantes relógios de mergulho e iatismo já feitos em diversas seções incluindo Os Ícones, que traz o Royal Oak da Audemars Piguet, IWC Aquatimer e o Patek Philippe Nautilus (além dos relógios listados acima); Relógios de Vela & Regata, incluindo Heuer Skipper, IWC Portuguieser e Rolex Yacht-Master; e Relógios de Mergulho, como o Bremont Supermarine, Breitling Superocean Heritage e Jaeger-LeCoultre Master Compresso, entre outros.

Rizzoli
Rizzoli

Intercalando com ensaios fotográficos mostrando os relógios sendo utilizados para sua função real, o livro destaca mais de 100 peças mecânicas contemporâneas ou vintage inspiradas no mundo náutico, sempre acompanhadas e detalhes sobre o fabricante, designer, inspiração e especificações. Acima de tudo, é um guia de referência de valor inestimável para qualquer um que compartilha a paixão dos autores por belos relógios e o estilo de vida no mar.

Rizzoli
Rizzoli

O escritor e colecionador de relógios Clive Cussler assina o prefácio do livro, enquanto o posfácio é de Blake Buettner, diretor de Relógios da StockX, o leilão de luxo apoiado por gente como Mark Wahlberg, que discute sua própria jornada como colecionador. “Não tenho um objetivo final, um destino, nenhum Santo Graal dos relógios”, escreve Buettner. “Em vez disso, me interessa a viagem que representa a aquisição de conhecimento na forma de histórias” que são intrínsecas aos relógios. “Qualquer coleção deve ser mais do que uma caixa cheia de objetos físicos no final das contas”.

Rizzoli
Rizzoli

“O que colecionamos diz muito sobre quem somos e o que valorizamos”, diz Buettner. E “relógios não apenas dizem o dia, as horas e os segundos em tempo real mas eles marcam os momentos de nossas vidas”, escreve Sigmond na introdução. “Eles são parte integral de quem somos e fazemos… Relógios são companhias constantes, ferramentas úteis, declarações de estilo e ativos”.

Rizzoli
Rizzoli

Assim, ele acrescenta, eles podem até servir “de escambo ou fiança”, enquanto alguns eventualmente se tornam heranças e todos são “quase sempre motivos de conversa”. Quer mais? Compre uma cópia do livro, porque esse é apenas o começo…

1 Comentário

Cancel