Uma viagem de bicicleta com a DuVine não é sobre acampar e comer burritos. A DuVine oferece excelentes aventuras guiadas em alguns dos lugares mais pitorescos e difíceis de encontrar do mundo, com comodidades personalizadas. No final de cada dia, há uma massagem, um drinque e um jantar em que o fundador da empresa, Andy Levine, chama de “belos quartos, bons locais e bom atendimento, seja um hotel cinco estrelas ou uma bela casa”.

Patitucci Photo
Patitucci Photo

Os itinerários da DuVine são o material dos sonhos dos viajantes. Subir a cordilheira de Tramuntana, na ilha de Maiorca (a “Meca do ciclismo”, diz Levine), antes de experimentar lagostins e o vinho local. Pedalar o perímetro do Lago Crater, no Oregon. Cruzar a Suíça de Interlaken até o Lago Como. Passar por flores de cerejeira da primavera no Japão depois de uma meditação matinal com monges budistas. Atravessar a Itália de “mar a mar”, começando na costa do Adriático e terminando no Mediterrâneo. Curtiu?

Patitucci Photo
Patitucci Photo

Não importa o seu nível de habilidade, há sempre uma viagem adequada a você: as aventuras da DuVine são classificadas por dificuldade de 1 a 4. Seu equipamento inclui híbridos Cannondale Synapses e Sirrus de fibra de carbono e eles também introduziram bicicletas elétricas para um passeio mais fácil.

Patitucci Photo
Patitucci Photo

“Nosso conceito desde que começamos era: andar de bicicleta, comer, beber, dormir”, diz Levine à RUBIROSA. Ele está ciente de que muitos de seus clientes abastados têm seus próprios chefs e seus próprios aviões, então ele oferece uma experiência que vai satisfazer todos eles. Os guias locais contratados precisam ter mais do que habilidade especializada em andar de bicicleta: ele procura aqueles que também serão adições interessantes à mesa de jantar: alguém com experiência em história da Renascença, por exemplo, ou alguém que cresceu em uma família de caçadores de trufas na França com histórias para compartilhar.

Suba na bike e comece a pedalar aqui.

0 Comentários

Cancel