Deixe a Taylor Stitch reinventar algo que nós pensávamos que já tinha chegado ao topo: a clássica camisa Oxford de botão. Pois aqui está a The Jack em listras azul-marinho, a mais recente produção impecável dos artesãos de São Francisco.

Taylor Stitch
Taylor Stitch

Em primeiro lugar, perceba o caimento. A gola parece milimetricamente ajustada, as proporções são precisas. Ao usar uma Oxford, você não quer as golas de tamanho reduzido tão comuns hoje em dia nem algo exagerado. Essa daqui é perfeita e complementa o corte exato da peça.

Taylor Stitch
Taylor Stitch

Falando nisso, ele não é nem justo nem largo. Além disso, o comprimento um pouco mais curto permite que você utilize a camisa para dentro da calça sem que fique tecido sobrando.

Taylor Stitch

A Taylor Stitch afirma que a bela camisa tem peso de camisas de rúgbi, o que significa que ela é firme e macia ao mesmo tempo. Mas onde eles de fato iniciaram uma revolução foi no uso do algodão orgânico. O processo é mais caro – o que faz com que você não encontre o material em outros lugares – mas torna a peça muito melhor para o meio ambiente.

Taylor Stitch
Taylor Stitch

E isso é algo que não podemos mais ignorar, mesmo quando se trata de moda. Por fim, a estampa é o clássico listrado azul e branco. Com o tecido inovador, isso faz com que ela fique tão bonita no corpo quanto nas costas de uma cadeira.

0 Comentários

Cancel