O nome da mais recente inovação da Taylor Stitch é demais: a camisa Leeward busca inspiração no termo marítimo que conota proteção contra ventos alísios, mas como a marca observa “mesmo aqueles com um medo saudável do mar aberto podem se abrigar nela”. Fiel ao seu nome, a “camisa afiada e versátil foi criada para mantê-lo quente e seco, independentemente do tamanho da tempestade”.

Taylor Stitch
Taylor Stitch

A lã Donegal da Irlanda, caracterizada por sua textura aveludada e manchas sutis e irregulares de cor, é tradicionalmente usada para criar suéteres e jaquetas de tweed, mas, como sempre, a Taylor Stitch a recriou e reformulou, dando nova vida aos séculos de técnica de tecelagem.

Taylor Stitch
Taylor Stitch

O blend exclusivo tem 60% de lã, seguindo a tradição, mas a T.S. adicionou um pouco de poliéster para maior resistência às intempéries, durabilidade e facilidade de lavar, além de uma pitada de fibras reaproveitadas em seu esforço contínuo de fabricar roupas que não são apenas bonitas, mas sustentáveis.

Taylor Stitch
Taylor Stitch

Além disso, “demos um passo adiante com uma leve escovada para destacar um pouco da suavidade latente do tecido” e, em seguida, eles adaptaram o produto finalizado ao corte perfeito da camisa, que pode ser usada com tudo, só depende do seu humor e da previsão do tempo.

Taylor Stitch
Taylor Stitch

A peça está disponível em um lindo tom verde-oliva assim como cor chocolate escuro, mas perceba que ambas fazem parte de um estoque limitado, então quando acabar, acabou.

0 Comentários

Cancel